Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

CEM TONELADAS DE LIXO DESPEJADAS NAS MARGENS DO RIO YANGTZE, EM XANGAI

Mäyjo, 10.01.17

rio-yangtze

Cerca de cem toneladas de lixo foram despejadas, no final do ano, nas margens do rio Yangtze, Xangai, e estão já nas instalações da maior reserva de água potável desta cidade chinesa. Produtos como agulhas, garrafas partidas e lixo doméstico foram encontrados nas margens do rio.

 

Informações avançadas pelo The Guardian indicam que dois navios foram responsáveis por este crime ambiental, ao despejaram cerca de cem toneladas de lixo nas margens do rio que banha Xangai. O ato criminoso teve consequências graves, já que a jusante do rio está localizado um reservatório de água que fornece água a cerca de 700 mil habitantes na região.

No local estão já algumas dezenas de trabalhadores a limpar o reservatório afetado, com as melhores estimativas a indicarem que só daqui a duas semanas a situação estará resolvida.

Este episódio vem reforçar o grave problema com a poluição que afecta a China nos dias que correm. Atualmente, perto de 80% da água usada em quintas, fábricas e habitações privadas chinesas não é própria para consumo, apresentando elevados níveis de poluição.

Foto: via Creative Commons 

 

Xangai já tem o maior metropolitano do mundo

Mäyjo, 17.09.14

Xangai já tem o maior metropolitano do mundo

A megacidade de Xangai, na China, passou a ter o maior sistema de metropolitano do mundo, com a inauguração, no início do ano, de duas novas linhas – a linha 12 e 16 –. Com 6,7 milhões de passageiros transportados em 2013, o metro de Xangai prepara-se para subir esta fasquia.

Com as duas inaugurações, o metro de Xangai passará a contar com um comprimento superior a 500 quilómetros, um número impressionante mas que não ficará por aqui: de acordo com o Menos Um Carro, que cita a BBC, nos próximos anos serão adicionados à rede mais 230 quilómetros, uma extensão superior, por exemplo, ao metro de Paris.

Ao contrário dos sistemas de pagamento conhecidos, as tarifas do metro de Xangai são cobradas de acordo com a distância percorrida. A 15 de Setembro de 2005, quando o governo de Xangai decidiu elevar o preço dos bilhetes, as tarifas variavam de 3 yuans (aproximadamente €0,36 – R$1,1) para viagens com menos de 6 km de distância, a 8 yuans (€0,97 – €3,1) para viagens com distâncias com mais de 46 km.

Para a maioria das linhas, a tarifa padrão é de 3 yuans (aproximadamente €0,36 – €1,1) para viagens com distâncias superiores a 6 km, acrescendo 1 yuan (€0,12 – €0,3 )  para cada 10 km adicional percorrido. Em Abril de 2008, a tarifa mais elevada era de 9 yuans (cerca de €1 – €3,2).

Enquanto Xangai atinge esta semana 567 quilómetros de trilhos em operações, Londres tem 400 quilómetros e Nova Iorque 337 quilómetros. Já o metro de São Paulo, a maior rede do Brasil, tem 74 quilómetros e o metro de Lisboa tem 45,5 quilómetros.

Leia mais sobre o metro de Xangai no Menos Um Carro.